segunda-feira, 28 de maio de 2012

Leãozinho vai pra creche?



Esse assunto foi decidido a pouco tempo e já esta rendendo muita dor de cabeça. Não sei vocês mamães de plantão, mais esse assunto pairou sobre as nossas cabeças por esses dias, e não esta sendo fácil decidir o local. Tivemos que pensar sobre o assunto porque as coisas aqui mudaram de repente, minha mãe com sua bondade veio desde o começo do ano me ajudar, pois iria começar a trabalhar em Fevereiro... e ela ficou até agora com Jaziel. Agora vimos a necessidade dele interagir com outras crianças e se socializar com o mundão (eu sei que ele é pequeno) - mais é desde cedo que formamos o "serzinho' que queremos. E eis que algumas dúvidas surgem:

Como fazer a escolha certa da creche?
O que eu preciso observar para definir o local certo?
A limpeza do ambiente...
Será que ele vai se adaptar com as outras crianças, o ambiente?

Como educadora senti a necessidade de levar Jaziel para a creche - um período de socialização - já que quero que ele seja mais independente (hora de comer, de dormir, brincar) - não que eu não vá dá atenção para ele "longe de mim" a decisão foi acertada devido as possibilidades da minha mãe (já que até o momento ela que estava cuidando do Jaziel) - agora percebi que com o desmame ele poderia ir para creche e dispensaria os cuidados diárias da vovó.  E é com o coração na mão que faço isso... não temos escolha, hoje ou amanhã teremos que passar por isso, por mais que doa o coração...  mais creio que por outro lado ele aprenderá muito, pois será estimulado pelas educadoras da sala (assim espero) e crescerá ainda mais intelectualmente e emocionalmente.
Já matriculei Jaziel lá no CEInf aonde eu trabalho - ele ficará no período da tarde todos os dias e irá comigo de manhã na quarta e na sexta (período que dou aula no Pré) - vai começar no dia 2 de Junho... estou super ansiosa pra saber como ele vai se comportar. E até lá a mamãe aqui esta organizando tudo (mochila, copo, toalhas, uniformes, materiais necessários do berçário). 
Super Beijo e fiquem atentas que logo logo postarei o seu 1º dia de aula!



sábado, 26 de maio de 2012

O mamá - parte 2

Seguimos a semana na saga de tentar tirar o moleque do peito. Infelizmente não consegui nem por uma noite ver meu filhote chorar (escandalosamente) - é de partir o coração de qualquer mãe! 
Pensando no desmame como uma prioridade ainda para esse mês, tivemos a brilhante idéias de tirar pelo menos o (peito) durante o dia... já que ele não estava reclamando tanto nas nossas tentativas - o problema realmente é durante a noite, e sei que isso vai dr MUITO trabalho. 
Estamos tentando - e acho que isso vai ser menos traumatizante pra ele, vamos ir tirando aos poucos e aí quem sabe conseguimos tirar as mamadas da noite.
Hoje estamos na casa da minha irmã em Campo Grande - viemos passear e pra aproveitar a viagem - vamos tentar (mais uma vez) fazer com que Jaziel durma sem ser no peito.... será que vamos conseguir? Só Deus mesmo para nos ajudar - eu vou ficar na casa da minha irmã e ele vai pra casa dos meus pais - uns quilômetros de distancia.
#ôdó

Amanhã voltarei para contar como ele se saiu - torçam aí!

Entãooo...a mamãe aqui não aguentou ficar tão longe de seu leãozinho que fui dormir na casa da minha mãe também, mais não fiquem preocupadas, não interferi em nenhum momento nas tentativas da avó em fazer ele dormir, ao contrario contribui bastante para que ele não ficasse chorando..é claro que ele chorou "e muito" as vezes saia lágrimas e outras era só manha.. mais aguentamos bastante - eita paciência que tivemos - eu a minha mãezinha de ouro. Ficamos acordadas até 1 e meia da manhã - foram muitas tentativas em vão em frente da TV curtindo Paula Fernandes, depois decidimos deitar e ele teimava em pegar no sono, até que cansou e apagou com meus carinhos e da vovó. Obrigada meu Deus, pensei que não iria aguentar, mais tú me deste muita paciência... valeu! E assim vamos seguir durante a semana toda, e eu sei que um dia será diferente do outro até ele dormir sozinho como muitas crianças. Beijos meninas e torçam por nós.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Proibido "Mãemar" (EDITADO)

1º dia do desmame (15/05/2012)


Hoje amanheci com a garra de desmamar o Jaziel, só esperei a minha mãe pintar na érea (logo cedo) e resolvemos não deixar ele mamar no peito. 
Mais quero deixar bem claro que eu vinha sofrendo aqui por dentro já a vários dias, não resolvi de uma hora pra outra...  até que hoje eu me permiti ser mais dura com  Jaziel (como isso me dói o coração), mais nesse belo dia tomei coragem - estou me dando o direito de dormir a noite inteira, sem ter um serzinho acordando de meia em meia  hora na madrugada (sério) e vindo pra minha cama me incomodar - Jaziel andava acordando muito na madrugada, praticamente eu nem dormia (as olheiras estão tomando conta do meu rosto) - mamãe esta o pó! 
De manhã ele nem sequer quis o "peito" - tomou a mamadeira logo que acordou e depois durante a manhã fez as refeições de costume (lanche, suco e almoço). Agora na hora de dormir depois do almoço que foi o "cross" (como vocês já sabem, ele só dorme grudado no peito) - minha mãe cansou ele nas brincadeiras e tinha horas que ele vinha me procurar falando "mamá", quando isso acontecia eu saia de perto chorando procurar o ombro do marido (gente como estou sofrendo) - dói ver seu filho pedindo mamá, você tendo e não podendo dar (ai que dó)  e depois de muita luta  ao som de Paula Fernandes _ "não diga não precisa" ele adormeceu feito um anjo (Santa Paula).. ufa!
Fui trabalhar as 15hs, nisso ele já estava acordado, brincando de montar com a vovó, dei um beijinho nele e as lágrimas desceram no meu rosto... é cabuloso o que a gente passa (mães) nesta hora, é um misto de "tenho que mostrar pra ele limite , largar de mamar no peito"  - e ao mesmo tempo "que mãe sou eu em negar o leite para meu filho, que dó" - "será que ele vai querer ainda vir comigo?"  ... sério meninas, estou morrendo de medo dele me esquecer (forcei né?) - mais estou muito triste e ao mesmo tempo muito orgulhosa porque meu leãozinho esta passando por esse momento muito bem.
A noite foi agitada: Jaziel jantou 5:30hs e por sinal muito bem, depois da janta quis brincar com o papai de cavalinho e de jogar bola e quando cansou veio correndo pro meu lado pedindo "mamá" - desvie dele e minha mãe fez ele dormir (isso com um pouco de choro, dormiu 8hs). Quando foi meia noite ele acordou chorando me chamando (ai que dó), nem pude chegar perto- chorei horrores vendo a cena de manhã.... lutamos com ele mais ou menos até 2 da manhã e nada do guri dormir..já estávamos exaustos e não teve como não ceder ao que ele desejava (tinha que levantar 6 da manhã para trabalhar), aí peguei ele dei o peito e muito carinho e ele dormiu até 6 da manhã.
Não aguentei, fui vencida pelo cansaço de tentar fazer ele dormir... mais não quero que isso aconteça de novo..Deus me ajude!
Te Amo filho...e espero que a gente consiga vencer mais esta etapa. Vamos ver agora na madrugada... esse é o dilema dos meus dias, acordar várias vezes pra dar de mamar e o moleque não dormir... Jesus nos ajuda!

# Ah, fiquei excluída praticamente o dia todo, triste em nem poder chegar perto do meu filhote, porque era só ele me ver para pedir mamá, com isso a chororô durou a tarde toda..e fiquei pedindo a Deus que passasse tudo isso o mais rápido possível. E as "peitcholas" começaram a encher e doer.

Ele estava penteando o cabelo, detalhe: com a escova do pai, que ele pegou escondido no banheiro.

Apesar da tristeza de estar meio que distante dele por enquanto, o nosso dia foi repleto de felicidades... Jaziel esta falando muito, repetindo TUDO ... as palavras de hoje foram: "uco" (quer dizer suco), "eéca" (perereca), "iti" (nossa cadela pity). Sou a mãe mais feliz em ver que tenho um homenzinho lindo crescendo aqui em casa. Orgulho da mamãe!

 Obrigada Senhor, por esse dia, e vamos ao próximo (por favor sem sofrimento para o coração desta mãe). Amém!

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Jaziel e Eu - 2º dia das mães.


Meu dia foi cheiinho de surpresas, logo de manhã sabe quem foi me dar beijo na cama (claro no colo do papai) - JAZIEL. Acordamos 5hs da manhã (rotina do Jaziel, todos os dias, faça sol ou chuva, feriado ou não)... mais a mamãe e o papai já estão acostumados. Tomamos café da manhã juntinhos com direito a muitos carinhos do marido e do esfomeado (mamou até) do meu leãozinho. Como ganhei meus presentes bem antes do dia (quarta - feira) o marido só me informou do domingo que  ainda tem um celular por chegar (surpresa!).Como todo ano nos dividimos (eu e o marido) ele passa com a mãe dele e eu com a minha mãezinha.. lá foi a gente passear antes de cada um seguir seus destinos de almoço (dia chuvoso).
Fui almoçar na casa do meu irmão, lá estavam minha mãe, pai, irmã e cunhada - aí começou a sessão premiada... Jaziel aprontou horrores, ta parecendo um papagaio, repetindo praticamente TUDO que ouve (temos agora que tomar muito cuidado com o que falamos) ..esses dias peguei ele me repetindo ao pronunciar algo do tipo"bosta" - isso acontece quando algo sai errado na cozinha - e lá estava ele "óta" "óta"..(kkkk) Para a nossa alegria ele agora esta querendo falar o nome de todos da família, nem a Pity (minha cadela) escapa...e é a coisa mais graciosa ouvir ele pronunciar "da sua forma" os nomes...eu amo!

Meus presentes, pra mamãe ficar a cada dia mais cheirosa.

Mais eu ganhei meu dia mesmo quando voltamos pra casa e nos ajeitamos pra passar o restinho da tarde juntinhos deitados no colchão da sala (brincando, cantando e assistindo) com Jaziel ... rendeu um vídeo surpresa pra mamãe morrer do coração, Jaziel começou a cantar "ai, ai, ai, ai, ai...assim você mata o papai"  (perdoem o repertório, mais ele sempre escuta cantar na rádio da nossa cidade)- claro que a mãe aqui chorou muito, pois eu pude agradecer novamente a Deus por tão precioso presente que me deu.... sou a mãe mais orgulhosa da sua cria...esse menino  é muito inteligente! Amooo



APAIXONEI..VIREI FÃ NUMERO 1

sábado, 12 de maio de 2012

Feliz Dia das Mães

Eterno AMOR


Que o nosso dia seja especial - que nós possamos estar muitos e muitos anos com nossos eternos presentes (nossos filhos). Parabéns mamães!


Minha querida mãe! Amoo

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Meu mundo, minha vida de Mãe

Nós mulheres desde pequenas somos induzidas a expressar o nosso lado materno, sempre  cuidando de nossas bonecas, espelhadas nas atitudes das nossas mães. Eu fui uma criança que brincou até seus 12 a 13 anos, mais minhas bonecas eram as famosas Barbie - gostava mesmo de ajeitá-las com as roupinhas que eu mesma confeccionava. Com o tempo, fui pegando gosto por cuidar de crianças de verdade - trabalhei de babá (pelo menos 2 vezes e me sai muito bem), gostei tanto da experiência que isso influenciou na escolha da minha profissão (Pedagoga).
Hoje eu vivo a experiencia materna 24 hs e descobri que NADA era o que eu imaginava, TUDO é muito melhor. Sou muito feliz por ser mãe, uma mãe que esta aprendendo muito com essa nova fase de minha vida. A gente primeiramente muda as prioridades dos nossos desejos - tudo gira em torno do seu bebê - seja o minimo detalhe, você logo pensa nele(a)...
Ganhamos mais um pouquinho de paciência para agir, em momentos que antes você agiria por seus impulsos (explodia) - hoje é tudo diferente, tentamos amenizar, rimos, brincamos, respiramos, as vezes choramos escondidas e.... pronto!
Ouço sempre muitas mães falarem que seus bebês "são um anjo" - será? ...fico imaginando como seria o dia delas, pois quero dizer que o meu é SUPER agitado, meu filho tem muita saúde (graças a Deus) e tem feito muita bagunça por esses dias (1 ano e 2 meses) - nunca vi uma criança tão alegre e esperta como o meu, posso até esta exagerando mais Jaziel é super agitado - ele não é daquelas crianças choronas, o negócio dele é brincar, explorar e mexer em tudo que acha - o problema é que em quase tudo que ele quer mexer "é proibido". Por esse motivo, minha vida ganhou um novo ritmo, não que eu sou quietinha, mais não tenho tanta energia como ele. (kkkkk)
E falando em fazer arte...como é surpreendente esta vida de mãe ( a gente sempre se imagina a "mãe" que dará juízo ao filho) - mais é pura mentira quando temos uma criaturinha dentro de casa aprontando todas e você escondidinha vendo ele colocar sua cozinha de cabeça pro ar e você (ao invés de estar educando) lá esta a "mãe" rindo  dele  fazer arte e se divertir. (coisamaislinda)
Vivo um mundo de emoções a cada momento ao lado do meu leãozinho, dias de alegrias e dias (as vezes de tristeza) - digo isso quando vejo meu bebê doentinho...mais tirando isso a nossa família se encheu de graça e paz quando Deus resolveu nos presentear com essa criaturinha tão especial. Muitas mudanças são totalmente visíveis no nosso meio, eu e o marido vemos isso quando estamos prestes a sair e o nosso leãozinho esta quase dormindo... e aí temos que deixar a saída pra depois (tudo pelo bem do nosso filho)  - mais é claro que temos sim uns dias só pra gente (ninguém é de fero né?)...
Mais uma coisa é obvia - AMO SER MÃE - pode ser trabalhoso, mesmo renunciando meus gostos e aderindo aos desejos do meu pequeno... sou a mulher mais feliz deste mundo em fazer eu pequeno feliz!
Aprendi muito com esta nova fase da minha vida, vi que suporto sim muitas coisas, principalmente aquelas que eu sempre "falei que nunca" - paguei a língua. Mais essa é a vida, vivendo e aprendendo.

TE AMO FILHO!

quarta-feira, 2 de maio de 2012

10 coisas que eu faria numa próxima gestação!



Confesso que já tinha pensado em como seria diferente a minha próxima gravidez, mais a ideia de escrever aqui sobre isso, surgiu agora devido ao post da minha amiga Carol . Então aí vai as mudanças para uma futura gestação (bem no futuro)...

  1. Na hora do parto (cesária ou não), não abriria mão de ter meu marido ao meu lado (trauma);
  2. Tiraria fotos do parto e quem sabe até uma filmagem do choro do bebê;
  3. Ficaria em apartamento, e não em quartos com outras gestantes (nunca mais);
  4. Com certeza compraria menos roupas de recém-nascido;
  5. Ia fazer questão de ter pelo menos umas 2 ou 3 semanas SÓ NOSSA, (mãe, pai, marido, sogro, sagra, irmã e irmão..só)
  6. Dormiria mais (enquanto o bebê dorme) - e não repetir a loucura de ficar corujando sempre meu bebê;
  7. Tentaria não deixar o bebê dormir (só) no peito mamando [pois to sofrendo agora];
  8. Faria um Book do (a) recém chegado (a) à família (eu, marido e o bebê);
  9. Pagaria alguém para cuidar da casa e ter minha mãe só para cuidar de mim e do bebê (arrependimento);
  10. Curtiria mais e mais cada segundo, minuto e horas com o meu bebê...pois eles crescem tão rápido e a sensação é de que a gente não curtiu tudo que tinha que curtir.

terça-feira, 1 de maio de 2012

Motivação

" É praticamente uma lei na vida que , quando uma porta se fecha para nós, outra se abre. A dificuldade esta em que, frequentemente, ficamos olhando com tanto pesar para a porta fechada, que não vemos aquela que se abriu" Andrew Carnegie